Livraria Lello é considerada uma das mais bonitas do mundo | Foto: WikiCommons
Livraria Lello é considerada uma das mais bonitas do mundo | Foto: WikiCommons

Instalada em um amplo prédio no coração da Baixa do Porto, a livraria Lello & Irmão é figurinha fácil nas listas de mais bonitas do mundo. Inaugurada em 1906 pelos irmãos Lello —os mesmos que publicam o dicionário Lello, famoso no Brasil—, o espaço tem uma imponente escadaria vermelha em madeira e vitrais coloridos que são sua marca registrada.

Escadaria imponente e vitrais são marca registrada do espaço | Foto: Giuliana Miranda
Escadaria imponente e vitrais são marca registrada do espaço | Foto: Giuliana Miranda

O espaço, que há muito tempo faz sucesso na cidade, ganhou ainda mais hype com a série Harry Potter. A autora da saga, a britânica J.K.Rowling, viveu durante alguns anos no Porto enquanto dava aulas de inglês. Foi neste período que ela começou a escrever a história do bruxo.

Apaixonada por livros, Rowling visitava a Lello com alguma frequência e o ambiente imponente da livraria portuguesa serviu de inspiração na hora de compor a biblioteca de Hogwarts, a escola de bruxaria da saga.

Teto da livraria Lello | Foto: Giuliana Miranda
Teto da livraria Lello | Foto: Giuliana Miranda

Por conta disso, é comum cruzar com muitos fãs da história vestidos a caráter circulando pela livraria.

A invasão dos turistas e dos fãs de Harry Potter causou um caos tão grande na pequena loja que a direção resolveu começar a cobrar entrada em julho de 2015. Hoje, para entrar na livraria paga-se uma taxa de 4€, que é revertida em créditos para a compra de livros.

Venda de livros disparou após da cobrança de ingresso | Foto: Giuliana Miranda
Venda de livros disparou após da cobrança de ingresso | Foto: Giuliana Miranda

Segundo o departamento de marketing da Lello, a mudança restaurou a vocação livreira do espaço. Antes, eles tinham uma média de mil livros vendidos por semana. Agora, a são quase 5 mil por semana.

Vale prestar atenção ao trabalho artísticos das prateleiras, que parecem madeira, mas são feitas de gesso pintado.

Parece madeira, mas a maior parte é gesso! | Foto: Giuliana Miranda
Parece madeira, mas a maior parte é gesso! | Foto: Giuliana Miranda

Mesmo antes de Harry Potter, a Lello já era cercada de misticismo. Antes de pertencer aos irmãos Lello, a livraria era propriedade do francês Ernesto Chardron, que criou o espaço graças a um prêmio que ganhou na loteria. Para tentar tirar uma casquinha da suposta sorte do ambiente, muita gente colava bilhetes de loteria embaixo das prateleiras e estantes da loja.

Uma foto um tanto tosca (a luz estava péssima) de um dos bilhetes lotéricos colados nas prateleiras | Foto: Giuliana Miranda
Uma foto um tanto tosca (a luz estava péssima) de um dos bilhetes lotéricos colados nas prateleiras | Foto: Giuliana Miranda

Muitos deles persistem até hoje. É só se abaixar (e ignorar os olhares de estranheza dos demais visitantes) para conferir.

Outro ponto interessante os trilhos que percorrem toda a loja. Antigamente, os livros eram transportados em carrinhos de madeira por esses caminhos.

Funcionária fofa foi lá empurrar o carrinho para me mostrar | Foto: Giuliana Miranda
Funcionária fofa foi lá empurrar o carrinho para me mostrar | Foto: Giuliana Miranda

No segundo andar, fica uma centenária máquina registradora.

Caixa registradora centenária fica exposta no segundo andar da loja | Foto: Giuliana Miranda
Caixa registradora centenária fica exposta no segundo andar da loja | Foto: Giuliana Miranda

Serviço
Livraria Lello & Irmão
R. das Carmelitas 144, 4050-161 Porto
Horário: seg-dom, das 10h às 19h30 (ou 19h, nos fins de semana)
Ingresso: 4€, reversíveis em créditos na compra de livros

Deixe uma resposta